8.8.08

Revolução cultural em versão islâmica

Neste video um pregador islâmico egípcio expõe o procedimento a adoptar pelos muçulmanos europeus de modo a, num período de dez anos, dominar pacificamente a Europa. São evidentes as semelhanças com a estratégia de revolução cultural marxista. Só faltou definir como áreas estratégicas de intervenção os media e as universidades. Mas isso acaba por ser desnecessário, uma vez que já estão entregues aos fiéis aliados dos islamitas no processo de destruição da cultura ocidental. http://www.youtube.com/watch?v=CSWLLc6uikE (Via http://www.takimag.com/)

2 comentários:

Carlos disse...

Vi, preocupado este video. Nao se conhece em Portugal, pais Catolico, a extensao do problema que temos pela frente na Europa. Na Franca e em muitas partes da Inglaterra, as igrejas estao vazias e as mesquitas cheias. E' necessario que as varias correntes do Cristianismo ponham de lado as suas, pequenas diferencas, e se unam contra esta "barbarie" Islamica. E' a nossa Historia e Cultura ocidental que estao em causa!

Luís Cardoso disse...

Caro Carlos,

Também tenho seguido com atenção e apreensão o avanço do califado, o alastrar da Umma, instituindo a Eurábia. Faço, entre outras vias, através de um site para o qual acrescentar uma hiperligação neste blogue em breve.

Concordo com a necessidade de cerrar fileiras entre os cristãos. O problema é que algumas diferenças não são assim tão pequenas. Aliás, uma das brechas na cultura da nossa sociedade resulta, justamente, do facto de algum cristianismo ser muito deste mundo, estar com o século, ter perdido o contacto com o que é eterno.

Volte sempre,