11.6.10

Ódio aos judeus por membro da frota pseudohumanitária

Quanto mais se sabe sobre alguns dos passageiros do Marmara, mas se torna evidente que nada tinham de humanitário. Veja-se este video, no qual um dos passageiros do barco e, segundo a MEMRI, coordenador da delegação argelina na frota, declara eloquentemente o seu ódio pelos judeus, mais genericamente pelos infiéis, a sua vontade de se suicidar provocando baixas entre os israelitas, as suas intenções quanto à resolução do conflito israelo-árabe/muçulmano. Em baixo fica a ligação para a transcrição de parte da entrevista:

3 comentários:

Francisco disse...

que risada! lol

Luís Cardoso disse...

Lol? O gajo está a falar a sério e por todo o mundo há pessoas que ainda pensam que a frota era realmente humanitária, desconhecendo que no navio iam marmanjos genocidas anti-semitas como este.

Francisco disse...

pois é, temos que aumentar o número de visitas ao blog. já viste q já temos 5 mais fãs no facebook? abraço