12.2.10

Videoteca do islamismo: juventude universitária muçulmana nos EUA

Mujahidin da palavra. Eis o que nos espera, aos portugueses, dentro de poucos anos: uma horda de muçulmanos agressivos e cheios de confiança, cientes de que os seus actos provocatórios e anti-sociais não terão consequências, que qualquer iniciativa para os punir ― quer na esfera académica, quer na judicial ― será mais uma ocasião de se reclamarem vítimas de discriminação. É assim nos EUA; é assim em França, na Holanda, na Suécia e na Noruega. Fossemos mais ricos, enquanto país; tivéssemos um estado social generoso como estes e outros países europeus para ser parasitado, e estaríamos por cá na mesma. A nossa relativa pobreza material permite-nos estar alguns decénios atrasados no grau de islamização em relação aos EUA e à Europa abastada; espero que sejamos capazes de redescobrir a nossa riqueza cultural e moral para reagir a tempo. Sobre a jihad cultural, ler Stealth Jihad, de Robert Spencer. Via Jihad Watch.
The Book Depository

2 comentários:

Francisco disse...

triste

tambemistoevaidade disse...

Ainda hoje vi na televisão uma cena igualzinha. Protagonistas: orador - JM Aznar; perturbadores - pacifistas espanhóis que acusam Aznar de ser um criminoso de guerra.
Estamos bem entregues.