2.2.11

Bangladesh: adolescente morre em sequência de castigo prescrito pelo Alcorão

Alcorão 24:2: «Quanto à adúltera e ao adúltero, vergastai-os com cem vergastadas, cada um; que a vossa compaixão não vos demova decumprir a lei de Deus, se realmente credes em Deus e no Dia do Juízo Final. Que uma parte dos fiéis testemunhe o castigo.»

NB: «que a compaixão não vos demova»!

João 8, 1-11: «A mulher adúltera - 1Jesus foi para o Monte das Oliveiras. 2De madrugada, voltou outra vez para o templo e todo o povo vinha ter com Ele. Jesus sentou-se e pôs-se a ensinar. 3Então, os doutores da Lei e os fariseus trouxeram-lhe certa mulher apanhada em adultério, colocaram-na no meio 4e disseram-lhe: «Mestre, esta mulher foi apanhada a pecar em flagrante adultério. 5Moisés, na Lei, mandou-nos matar à pedrada tais mulheres. E Tu que dizes?»
6Faziam-lhe esta pergunta para o fazerem cair numa armadilha e terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se para o chão, pôs-se a escrever com o dedo na terra.
7Como insistissem em interrogá-lo, ergueu-se e disse-lhes: «Quem de vós estiver sem pecado atire-lhe a primeira pedra!» 8E, inclinando-se novamente para o chão, continuou a escrever na terra. 9Ao ouvirem isto, foram saindo um a um, a começar pelos mais velhos, e ficou só Jesus e a mulher que estava no meio deles.
10Então, Jesus ergueu-se e perguntou-lhe: «Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?» 11Ela respondeu: «Ninguém, Senhor.» Disse-lhe Jesus: «Também Eu não te condeno. Vai e de agora em diante não tornes a pecar

Amplify’d from www.jihadwatch.org
"Cleric held after Bangladesh teen whipped to death," from Agence France-Presse, February 2
BANGLADESHI police arrested four people including a Muslim cleric today after a teenage girl, who was accused of having an extra-marital affair with her cousin, was whipped to death.
Fifteen-year-old Hena Begum died in hospital on Monday after a village court in the southern Bangladesh district of Shariatpur sentenced her to 100 lashes, said local police chief A.K.M Shahidur Rahman.
"We have arrested one of the clerics (who sat on the village court) and three villagers including the wife of the man who Hena Begum had an illicit relationship with," Mr Rahman told AFP.
According to Mr Rahman, the teenage girl was "beaten mercilessly" by the family of the married man, who was also Hena's cousin, after the affair was discovered.
The teenager was then handed to the village court, which publicly whipped her until she passed out and was taken to hospital, where she died seven days later, he said.
In conservative rural parts of Muslim-majority Bangladesh, rights groups say it is common for women to be publicly whipped for "crimes" such as adultery despite a ban on such religious punishments.....
Read more at www.jihadwatch.org
 

1 comentário:

TalibanLP disse...

Na primeira crescentada(guerra espiritual baseada no símbolo do crescente), da história os muçulmanos foram total e completamente derrotados.

Não sabiam que esse símbolo era o que mais insultava maomé.

É vê-los a deixarem de o usar o mais rapidamente possível.

E isso notou-se e nota-se nas recentes manifestações.

Já pouco ou nada aparece.
Os muçulmanos ficaram entalados.
Se o usam, continuam a insultar maomé.

Se não, confirmam e provam que andavam enganados.
Os que já sabem, nem piam, tamanho era o engano e escândalo.