16.1.11

Sondagem: uma experiência mal sucedida

A sondagem que realizámos no final do ano 2010 teve uma participação reduzidíssima: apenas oito leitores se deram ao trabalho de registar a sua opinião, todos manifestando concordância com a asserção da líder recém-eleita da Frente Nacional francesa, segundo a qual a ocupação islâmica das ruas de França é, mutatis mutandis, semelhante à ocupação nacional-socialista.
Atendendo ao impacto quase nulo que a iniciativa alcançou, decidimos não repetir este tipo de iniciativa, pelo menos nos próximos tempos.
Agradecemos aos leitores que nos honraram com a participação na sondagem.

1 comentário:

TalibanLP disse...

Anotem e registem.
Isto é histórico e importante!

Obrigámos os muçulmanos a deixar de usar o crescente e a estrela como símbolos do islam.

Há 2/3 anos descobrimos que esse símbolo também foi roubado aos Cristãos.

Além de ter sido roubado, é o símbolo que mais insulta maomé.

Quem usa em público aquilo que rouba, insulta-se a si e a quem o inspira.

Começamos a denunciar na net esse crime e o quanto os maometanos andavam enganados.

Os muçulmanos não foram capazes de desmentir estas verdades.

Agora pouco a pouco e quase que silenciosamente, estão a deixar de usar esse símbolo.

Já pouco ou nada se vê em perfis, páginas, sites, textos e livros.

Mas agora os enganados por maomé querem cometer outro crime.

Querem esconder que fizeram esse roubo aos Cristãos.

Mas as provas estão no topo das próprias mesquitas.

Há que anotar e registar onde foi e ainda é usado e disso dar conhecimento, para que no futuro os muçulmanos não possam esconder e negar mais este seu grande crime.

Pela verdade e por Deus, O Verdadeiro, O da Verdade.